Carregando...

atbpa@atbpa.com.br

+55 (94) 99238-7039

Como cuidar do seu cavalo no verão

A elasticidade da pele ou a cor das membranas mucosas e da urina podem refletir o grau de hidratação do animal.

Fonte: Meus Animais – www.meusanimais.com.br

Fotos: divulgação internet 

A temperatura corporal dos equinos aumenta muito mais rapidamente do que a de outros animais devido a sua maior sensibilidade a altas temperaturas. Por isso, aprender a refrescar seu cavalo é fundamental para evitar doenças futuras.

As insolações de verão são uma realidade que afeta a maioria dos seres vivos. Como regra geral, os equinos devem manter uma temperatura corporal entre 37 e 38 graus, já que atingir 40,5 ou 41 graus pode colocar a saúde deles em risco e até causar sua morte.

A seguir, confira uma série de medidas preventivas para combater a desidratação do animal:

  • Aumentar a ventilação do celeiro. É essencial que haja uma renovação do ar interno através de correntes de ar suaves. Abrir janelas e portas não é importante apenas para manter as concentrações adequadas de oxigênio, mas também diminui a concentração de odores fecais que tendem a ser ampliados pelas altas temperaturas.
  • O arejamento do box deve ser complementado com a limpeza exaustiva e a instalação de mosqueteiros ou outros mecanismos que reduzam possíveis pragas de insetos.
  • Aumentar a dose direta de água é, sem dúvida, o aspecto-chave quando se trata de refrescar seu cavalo. O animal deve ter água limpa e fresca continuamente. Além de verificar se o volume de líquido é suficiente, devemos nos certificar de que os bebedouros estejam limpos, porque muitas doenças são decorrentes da desinfecção inadequada.
  • Favorecer a hidratação indireta. Apesar de ter uma fonte de água permanente, o animal pode não beber o suficiente. Molhar o feno, ou mesmo pedir conselhos veterinários sobre suplementos que ajudem a reduzir a possível perda de sais, pode ser muito útil.
  • Aumentar a frequência dos banhos. Assim como acontece com as pessoas, muitas vezes a melhor maneira de refrescar seu cavalo é por meio de duchas frescas. Para que o contraste das temperaturasnão seja muito acentuado, o processo deve ser feito progressivamente das extremidades para as costas, seja com uma mangueira ou com uma esponja úmida.
  • Uso de inseticidas. Além dos mosquiteiros acima mencionados, é necessário usar repelentes de insetos e parasitas. Desde o início da primavera até o final do verão, o aumento desses organismos pode causar doenças graves ao equino; o exemplo mais comum é a chamada dermatite de verão.
  • Programe as saídas da baia. Passeios pelo campo e exercícios devem ser adiados para as horas mais frias do dia. Além disso, deve haver árvores ou espaços que permitam o refúgio do animal, e se possível, uma fonte adicional de água.

Mais notícias